RSS

As mulheres do cataclysm

Adarrah fez sua primeira aparição no World of Warcraft na Burning Crusade. Ela era um dos NPCs que poderiam spawnar usando o Amani Hex Stick em Zul’Aman. Depois disso ela faz outra ponta, desta vez na Wrath of the Lich King. É ela que está presa em uma jaula em Grizzly hills e é salva pelo Harrison Jones. Parece que a moça gostou da companhia do Harrison, tanto que ela volta a aparecer ao lado dele no Cataclysm, onde ela começa a chain de Uldum (além de aparecer na introdução de Vashjr também). Depois da cinematic, ela pode ser vista em Ramkahen.
Tudo indica que rolou uma paixão com o Sr. Jones, tanto que, na quest That Gleam in his Eye, Adarrah reclama que ele não quis ficar para apreciar o pôr-do-sol do deserto com ela, apesar de sua insistência…

“I can’t rest til I’m free of Cho’gall grasp.”
Personalidade importante na Lore do World of Warcraft, Garona Halforcen finalmente virou um NPC no Cataclysm – ainda que sem a marca nos olhos. Os players podem encontrá-la em Bloodgulch, junto com os Dragonmaw de Twilight Highlands. Ela voltou para se vingar e acabar com Cho’gall, que outrora a aprisionou, controlou sua mente e sequestrou seu filho Med’an, fruto de seu relacionamento com Medivh (aquele de Karazhan, lembra?).
Garona é meio orc meio draenei (apesar que no início diziam que era meio human meio orc). Seu nascimento foi orquestrado por Gul’dan, entre um warrior orc e uma female drainei. Garona cresceu nos barracos com o povo do seu pai, que a desprezava por ela ser diferente. Tendo viajado por toda Draenor, Garona dominava a  cultura dos orcs, fazendo dela um trunfo inestimável para o Shadow Council.  Ali ela foi treinada como assassina. Acabou conquistando a confiança de Medivh e do Rei Llane, mas continuava sendo agente da Horde.
Quando os orcs sitiaram Stormwind, Garona (sob controle mental do Shadow Council) acabou assassinando o rei Llane e levou seu coração para o chefe do conselho, o warlock Gul’dan. Garona havia tido uma visão em Karazhan que seu destino seria matar um dos poucos homens que a havia aceitado pelo que ela era, e assim, Garona lamentou demais a morte dele.
Esse assassinato é uma das visões possíveis de Yogg Saron, em Ulduar na Wrath of the Lich King.

FONTE:wowgirl.com.br

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários: